Salada Verde

Sancionado programa de pagamento por serviços ambientais no Ceará

De autoria do Executivo Estadual, projeto aprovado na Alece foi sancionado pelo governador Elmano de Freitas (PT-CE). Programa quer fomentar conservação de ecossistemas cearenses

Michael Esquer·
20 de julho de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT-CE), sancionou o projeto de lei (PL) que institui a Política Estadual de Pagamento sobre Serviços Ambientais (PSA). De autoria do Executivo Estadual, a proposta foi aprovada pelos deputados da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) neste mês. O programa tem o objetivo de fomentar a proteção e a conservação dos ecossistemas cearenses. 

Segundo a lei, sancionada na sexta-feira (14), o PSA será instituído e executado pela Secretaria do Meio Ambiente e Mudança do Clima do Estado (Sema-CE). O regulamento do programa deve prever subprogramas de conservação do solo e combate e prevenção à desertificação; de conservação das águas e dos recursos hídricos; de conservação da biodiversidade; de gerenciamento costeiro e marinho; de manutenção de áreas de preservação permanente, de reserva legal e de uso restrito; de regulação do clima; e de gerenciamento de resíduos sólidos. 

São elegíveis ao PSA áreas cobertas com vegetação nativa; áreas sujeitas a restauração ecossistêmica, a recuperação da cobertura vegetal nativa ou a plantio agroflorestal; unidades de conservação; paisagens de grande beleza cênica; áreas de exclusão de pesca; áreas prioritárias para a conservação da biodiversidade; e terras indígenas, territórios quilombolas e outras ocupadas tradicionalmente.

Na prática, o instrumento deve remunerar proprietários de RPPNs (Reservas Particulares do Patrimônio Natural), produtores rurais, agricultores familiares, comunidades tradicionais e outros pelos serviços ambientais prestados em suas propriedades. 

  • Michael Esquer

    Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com passagem pela Universidade Distrital Francisco José de Caldas, na Colômbia, tem interesse na temática socioambiental e direitos humanos

Leia também

Reportagens
17 de outubro de 2018

As verdadeiras – e muitas – cores da Caatinga

Aniversário de 18 anos da Reserva Natural Serra das Almas, no sertão cearense, é comemorado com um convite para que todos se transformem em caatingueiros pela proteção do bioma

Caatinga arbórea na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Serra das Almas, em Crateús, no Ceará. Foto: Michael Esquer
Reportagens
8 de maio de 2023

Porque a Caatinga, único bioma exclusivo do Brasil, não é considerada patrimônio nacional

Do desconhecimento à falta de vontade política. Os entraves ao reconhecimento nacional da Caatinga, onde apenas cerca de 2% do bioma é protegido por unidades de proteção integral

Reportagens
25 de maio de 2023

Da caça ao desmatamento: as ameaças ao menor e único tatu exclusivo do Brasil

Espécie de tatu mais ameaçada do país, o carismático tatu-bola-da-Caatinga é alvo de iniciativas de conservação que buscam livrá-lo do risco da extinção

Mais de Mega roleta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários1

  1. Vânia Davanzodiz:

    A ideia é muito boa, mas precisa ainda assegurar a fiscalização e divulgação por órgãos reconhecidamente competentes.