Salada Verde

Licenciamento forte reduziria impactos da infraestrutura

No país, 364 obras foram concluídas apenas entre janeiro de 2019 e dezembro passado. Aportes somaram R$ 137 bilhões

Aldem Bourscheit·
8 de novembro de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Dados do Ministério da Infraestrutura indicam que 364 obras foram concluídas entre janeiro de 2019 e dezembro passado, no país todo. Elas somam investimentos superiores a R$ 137 bilhões, incluindo aportes públicos (R$ 20 bilhões) e privados (R$ 117 bilhões), esses últimos ligados a concessões do Governo Federal, listou a Agência Mentha.

Já o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) lançado em agosto investirá R$ 1,7 trilhão em todos os estados. R$ 1,4 trilhão é prometido nos próximos três anos e R$ 320,5 bilhões após 2026. Do total, quase R$ 1,5 trilhão (88%) serão aplicados – com uma alcunha de sustentabilidade – em cidades (R$ 609,7 bilhões), transportes (R$ 349,1 bilhões) e transição energética (R$ 540,3 bilhões). 

Os recursos devem ser captados no orçamento-geral da União, de financiamentos de fundos e bancos públicos, de empresas estatais e privadas e de parcerias público-privadas. 

Reduzir os prejuízos socioambientais e climáticos desses investimentos em expansão urbana, geração de energia, de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos depende inclusive de reforçar o licenciamento ambiental. Na contramão, uma proposta tramitando no Congresso enfraquece o processo e é avaliada por ongs como a pior das últimas quatro décadas, mostroubetfair. 

Uma análise do segundo semestre de 2022 pelo Climate Policy Initiative (CPI), organização que analisa políticas públicas e finanças, indicou que o desmate é um dos principais efeitos colaterais da implantação de infraestrutura, como ferrovias e rodovias, sobretudo na Amazônia.

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista cobrindo histórias sobre Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Selvagem, Ciência, Comunidades Indígenas e ...

Leia também

Reportagens
30 de agosto de 2023

Marco do Licenciamento que tramita no Senado é a pior proposta em 40 anos, dizem especialistas

Aprovar texto como está seria voltar no tempo em que crianças nasciam sem cérebro em Cubatão por falta de controle da poluição local. Nota Técnica tenta minimizar danos

Salada Verde
15 de setembro de 2023

Novo PAC dribla necessidades da agenda de clima, diz entidade civil

A análise aponta que petróleo e gás levaram 61% dos investimentos previstos em transição e segurança energética

Reportagens
31 de maio de 2022

Portos e futura hidrovia ameaçam trecho mais preservado do Rio Paraguai

“Viabilizar uma hidrovia é inviabilizar o Pantanal como ele é hoje”, afirma biólogo sobre o licenciamento de porto no Rio Paraguai

Mais de betfair

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.