Salada Verde

Esforço nacional certifica inseto para controlar a mosca-da-fruta

É o primeiro fitossanitário com tecnologia totalmente brasileira e usando a biodiversidade nativa do continente americano

Aldem Bourscheit·
18 de setembro de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

A vespa nativa do continente americano Doryctobracon areolatusfoicertificada pelo governo para controlar a mosca-da-fruta, cujos danos à produção brasileira são de R$ 180 milhões anuais. É o primeiro fitossanitário com biodiversidade nativa e tecnologia 100% nacional. 

O controle ocorre porque as vespas põem seus ovos nas larvas das moscas. Ao eclodir, as larvas do parasitóide se alimentam das segundas, dando cabo do inseto danoso à agricultura. Os estudos sugerem a liberação de 10 mil vespas em cada hectare cultivado. 

As pesquisas duraram mais de 12 anos e foram capitaneadas pela Embrapa Clima Temperado e pela startup Partamon, incubada numa empresa vinculada à Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

O feito abre portas para empresas registrarem o uso do parasitoide na produção convencional e orgânica no país, como de mangas, no Nordeste, de laranjas, em São Paulo, de maçãs e pêssegos, no Rio Grande do Sul. Isso reduz o uso de agrotóxicos e amplia o controle biológico nacional.

Cerca de 90% da tecnologia já está pronta para uso, mas alguns estudos persistem para melhorar as orientações aos produtores e para validar seu uso em escala comercial. As informações são da Embrapa Clima Temperado.

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista cobrindo histórias sobre Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Selvagem, Ciência, Comunidades Indígenas e ...

Leia também

Notícias
22 de maio de 2023

Nova espécie de louva-a-deus é descrita na Amazônia matogrossense

Pesquisadores acreditam que o louva-a-deus-do-cristalino vive no dossel da Floresta Amazônica, restrito a áreas bem preservadas cada vez menores em pleno Arco do Desmatamento

Salada Verde
23 de maio de 2023

Gripe aviária detectada em aves marinhas põe o Brasil em emergência sanitária

Animais foram sacrificados no Espírito Santo na tentativa de conter a disseminação da doença, que pode afetar humanos

Notícias
26 de outubro de 2022

Em 37 anos, áreas agrícolas triplicam e alcançam 62 milhões de hectares no Brasil

Lavouras de soja, arroz, cana de açúcar, algodão e outras já ocupam extensão superior a de países como França e Espanha, aponta levantamento do MapBiomas

Mais de Pesca Feliz

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.